Tenho anemia falciforme. O que o AVC tem a ver comigo?

//Tenho anemia falciforme. O que o AVC tem a ver comigo?

Tenho anemia falciforme. O que o AVC tem a ver comigo?

No próximo dia 28, às 14h, no auditório da Avosos, acontece uma palestra ministrada pelas médicas neurologistas Ana Gabriela Prado e Larissy Lima Santos. Elas falarão aos pacientes com anemia falciforme assistidos pela Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe, bem como a seus acompanhantes, sobre o tema “Tenho anemia falciforme. O que o AVC tem a ver comigo?”.

Segundo a médica Larissy Lima, o evento celebra o Dia Mundial do AVC – 29 de outubro. “Os dados e previsões mais recentes indicam que 1 em cada 4 pessoas terá um AVC ao longo da vida. Temos presenciado um aumento importante da incidência em jovens. No caso dos portadores de anemia falciforme, o risco de AVC é uma complicação bem conhecida da doença e que em grande parte pode ser prevenida com reconhecimento precoce das crianças entre 2 a 16 anos em risco, por meio de triagem para entrada em programa de hemotransfusão preventiva”, revela a profissional.

Ainda conforme informações da médica, entre os dias 26 de outubro e 6 de novembro haverá uma série de ações voltadas ao público leigo e a profissionais de saúde como parte do Dia Mundial do AVC. “Decidimos incluir a população dos portadores de doenças falciformes como um grupo importante, tanto para informar sobre a prevenção, quanto para reabilitação”, pontua Larissy Lima.

Segundo informações da assistente social da Avosos, Sara Mônica, o tema Acidente Vascular Cerebral é direcionado a todos. “Para a Avosos este evento celebra também o Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes – 27 de outubro. E por isso estamos direcionando esta palestra, que foi gentilmente proposta pelas médicas, aos pacientes com anemia falciforme, especialmente àqueles que não tiveram AVC”, informa a profissional.

 

2019-10-23T17:12:23+00:00 23/10/2019|Notícias|