Destaque no Portal do Ministério Público de Sergipe (MP/SE)

//Destaque no Portal do Ministério Público de Sergipe (MP/SE)

Destaque no Portal do Ministério Público de Sergipe (MP/SE)

Os pacientes com anemia falciforme assistidos pela Associação do Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) terão atendimento garantido no Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) e no Hospital Universitário (HU). Em setembro, a Avosos procurou o Ministério Público de Sergipe com o pleito das mães de pacientes falcêmicos com a intenção de compreender o fluxo de atendimento aos portadores de anemia falciforme, naquelas Unidades de Saúde, em situações de urgência e emergência.

Durante audiências públicas, realizadas pela 9ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão especializada em Saúde, foi discutida a construção da linha do cuidado ao paciente portador de anemia falciforme, em especial, a garantia de leito de retaguarda e enfermaria aos pacientes que procuram o HUSE e o HU. As audiências contaram com a participação das Secretarias de Estado da Saúde (SES) e do Município de Aracaju (SMS), que se comprometeram a enviar informações acerca do resultado do que foi discutido.

“Queremos agradecer ao Ministério Público, por meio da 9ª Promotoria de Justiça da Saúde, aos gestores públicos do Estado e do município de Aracaju, e também à imprensa sergipana. Já foi realizada uma capacitação referente aos eventos agudos em Doenças Falciformes com as equipes médicas do HUSE e as mães já estão sentindo a mudança no atendimento a seus filhos. Nesta reunião foi formada uma Comissão de Técnicos da SES, da SMS e representantes da Avosos, com o intuito de elaborar protocolos que direcionam a assistência ao paciente com anemia falciforme desde a Atenção Básica, passando pelos Hospitais Regionais até o HUSE e ao HU”, destacou o presidente voluntário da Avosos, Wilson Melo.

Ainda segundo ele, “com esta normatização esperamos que fique assegurado a esses pacientes um atendimento permanente e cada vez mais humanizado, ágil, com melhores resultados, oferecendo assim maior segurança, especialmente durante as crises”, pontuou o presidente.

Depoimentos de mães

As mães de pacientes atendidos pela Avosos informaram que já sentiram melhorias no atendimento dos filhos:

– “Tenho fé em Deus que vai melhorar mais ainda, porque os hematologistas estão se reunindo com os clínicos de Aracaju e dos demais municípios para informar como deve ser o atendimento aos pacientes com anemia falciforme. Estamos acompanhando tudo e os médicos conversam com a gente. Na véspera do feriado [15 de novembro] levei meu filho ao Zé Franco. A médica de lá, Dra. Cristiane, se comunicou com o hematologista, o Dr. Richard, e como o atendimento de lá melhorou não precisou transferir meu filho para o HU. Sou muito grata especialmente a Avosos, pois sozinhas nós não conseguiríamos”.

– “Moramos em Estância e já fomos avisados que todo mês vem um hematologista para fazer treinamento com os profissionais de saúde aqui do município. A gente fica muito feliz, porque agora as equipes sabem mais como atender o paciente com anemia falciforme. Antes da gente começar este rebuliço todo junto com a Avosos a gente não tinha isso. E lá no HU e no HUSE já melhorou também, porque duas mães comentaram no nosso grupo de whatsapp que os filhos se internaram lá e o atendimento estava melhor”.

Com informações da 9ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão e da Avosos

 

 

2019-12-13T12:52:58+00:00 04/12/2019|Notícias|